Escrotisse

domingo, 22 de novembro de 2015

Postado por:Maria Raquel Silva

Ultimamente só consigo pensar em quão babaca eu sou.
Desse jeito, verbo ser, primeira pessoa, singular.
Nada de algo transitório.
Parece patológico quase.

Existe tradução pra "jerk"?
"Jerk" é uma ótima palavra pra me descrever.
Escroto?
Escroto.

Escroto.
Assim mesmo: no masculino.
Com distinção de gênero sim, pra aumentar a escrotisse.

Como é que arruma as coisas com alguém que você já escrotizou?
Como que faz essa pessoa não ficar brava?
Como que explica que apesar de vocês querem coisas diferentes, você ainda não quer ver ninguém magoado?
Ou pior, mais egoísta ainda: você não quer ninguém te odiando...

O auge da escrotisse é pensar no outro pensando em você.

Auto-sabotagem

domingo, 15 de novembro de 2015

Postado por:Maria Raquel Silva

A coisa mais difícil da existência humana é encontrar alguém que você goste.
Não que goste de você. Muita gente gosta de você.
Mais do que você imagina.

E não estou falando de um gostar de achar legal.
Falo de estar apaixonado.
Ou da possibilidade de se apaixonar por você.

O grande problema é o inverso.
A possibilidade de você se apaixonar de volta.

É isso que chamam de auto-sabotagem?
Não conseguir gostar de alguém que claramente está interessado em você?

É se interessar por aquele alguém que namora?
(Que ama outro)
Que não está nem um pouco interessado em você?

E não conseguir ter o mínimo de interesse na pessoa interessada por você?

Isso te torna uma pessoa ruim?



 

Doces Comentários Ácidos
Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos e bTemplates
Imagens em: Foter
Logotipo original por M.R. Silva e FreeLogoServices