Banzo

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Postado por:Maria Raquel Silva

Tristeza profunda.
Os escravos negros africanos tinham uma expressão para esse tipo de tristeza: banzo.
Anos mais tarde o banzo foi dito por especialistas como uma espécie de depressão.
Porém, ainda sim, o banzo continua sendo uma tristeza profunda.

O escravo não queria mais comer, não tinha forças para trabalhar, só conseguia pensar em sua terra natal e em tempos em que havia sido feliz.
A escravidão foi teoricamente banida em 1888.
O banzo, sendo um sentimento, não pôde ser banido com ela.

A depressão é o mal do século XXI. Um mal característico de classes mais privilegiadas.
Classes que não querem ser associadas à escravidão e por isso chamam banzo de depressão.
Mas é banzo.

Aquele gosto amargo na boca. Um nó no começo da garganta.
A vontade de gritar. A sensação de estar andando mas não sair do lugar.
A vida não estar evoluindo.
A saudade de algo que não podemos ter mais.
Sentimento de impotência.
Banzo.


 

Doces Comentários Ácidos
Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos e bTemplates
Imagens em: Foter
Logotipo original por M.R. Silva e FreeLogoServices