Bons Tempos

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Postado por:Maria Raquel Silva

William Wordsworth, em seu poema de ode à Revolução Francesa, diz:
"Bliss was it that dawn to be alive,/But to be young was very heaven!"*
("Êxtase era estar vivo naquela aurora,/Mas ser jovem foi o paraíso!")

O mundo muda constantemente, mas parece estar sempre no mesmo lugar.
Ser jovem é sempre excitante.
Estar jovem durante uma revolução, é o mesmo que o paraíso.
Ser jovem durante uma mudança maciça no estado de se viver no mundo, é incrível.

É também incrível que a maioria das pessoas não tem a consciência desse "estar vivo no mundo".
Fazer parte de uma revolução sem perceber é tanto uma benção quanto uma maldição.
No entanto, saber estar parte do mundo a sua volta traz um êxtase sem igual.

Vivemos uma mudança de eras.
Em 1800, as grandes revoluções mudaram o mundo.
Em 2000, a internet e nossos celulares mudam o jeito de viver a cada dia.

Há um certo êxtase em estar vivo nessa aurora.
Nessa aurora, apresentada entre prédios, por um vídeo em um site qualquer.
Filmado do outro lado do planeta.

São tempos doidos para se viver.
E são tempos bons para se estar vivo.


*The French Revolution as It Appeared to Enthusiasts at Its Commencement

 

Doces Comentários Ácidos
Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos e bTemplates
Imagens em: Foter
Logotipo original por M.R. Silva e FreeLogoServices