Maçã do Amor

quarta-feira, 5 de março de 2014

Postado por:Maria Raquel Silva

Não costumo gostar de escrever muito sobre o amor.
Sobre as relações interpessoais, claro.
Sobre amor, o sentimento? Não.

Tenho essa ideia de que o amor é uma coisa ridícula.
Se não nos cuidarmos, se não estivermos constantemente alertas, ele toma conta de gente e nos transforma em pessoas completamente perdidas.
Não de um jeito bom.

Não é irritante quando as pessoas só sabem falar sobre uma coisa?
É assim que me sinto em relação ao "amor".
É incrível como a maioria das pessoas só consegue conversar sobre isso.
Sobre quem você está amando no momento.

Não sou uma pessoa de amar outros no momento.
Amor pra mim é de mãe, e só.
De irmão, no máximo.

Amor de outros é estranho.
Como é que alguém consegue conviver tanto com outro a ponto de amar essa pessoa?
De não se irritar com tudo e qualquer coisa que ela faz?
De realmente querer passar anos e anos ao lado dela?

Tudo isso parece lindo. Muito bom, muito bem.
Mas nunca quis nada do tipo. Parece algo indigesto até de se pensar.
Prefiro muito mais maçã ao amor.
E olha que nem gosto de maçã.

 

Doces Comentários Ácidos
Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos e bTemplates
Imagens em: Foter
Logotipo original por M.R. Silva e FreeLogoServices